sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Lá no fim do arco-íris...


O que eu necessito para bem viver, não tenho o poder de saciar sozinho. Preciso de alguém, preciso trocar...preciso sentir a energia do que está a minha volta, e interagir. Não vou direcionar a natureza humana para um único caminho...mas se existe alguém que nasceu para viver solitário, esse definitivamente não sou eu. O meu crescimento espiritual, emocional e intelectual é fruto da minha ligação com pessoas especiais, que me acrescentam, que me aturam, que me ouvem, que me falam, que não tem pudores comigo, que me aceitam mas me dão muitos feedbacks, que me zoam por não poderem perder a piada, que me elogiam por terem um cuidado especial comigo, que estão distantes de coração aberto.
Sou um homem de riquezas incontáveis...sou um homem com amigos.

2 comentários:

Ruth disse...

afinal de contas, a vida é a arte do encontro. O que seria de nós sem nossos amigos, nossos relacionamentos? Um grande vazio.

Teu blog me faz bem. Te admiro muito, cada vez mais.
Um beijo

carolmaron disse...

:D
wouldn't it be nice